Display e Iluminação com Ofertas Incríveis | MakerHero
Display e Iluminação

Display e Iluminação

Dê vida aos seus projetos eletrônicos com a ampla gama de displays disponíveis na MakerHero. Nossa coleção abrange as tecnologias mais avançadas, incluindo LCD, OLED e LED, oferecendo opções para todas as necessidades de exibição. Com garantia e emissão de nota fiscal em todos os produtos, você pode confiar na qualidade e confiabilidade dos nossos displays para suas aplicações. Explore nosso catálogo para encontrar displays que oferecem alta qualidade de imagem e uma variedade de tamanhos e resoluções para se adequar às suas necessidades específicas.

Mostrando 21–40 de 53 resultados

O que é um display?

Um display é um dispositivo eletrônico que mostra informações visuais, como texto, imagens, gráficos, ou vídeos. Eles são amplamente utilizados em uma variedade de aplicações, desde dispositivos portáteis, como smartphones e tablets, até grandes telas de televisão e monitores de computador.

Displays

Os displays podem variar em tecnologia e tipo, incluindo LCDs (Liquid Crystal Displays), LEDs (Light Emitting Diodes), OLEDs (Organic Light Emitting Diodes), TFTs (Thin-Film Transistors), entre outros. Cada tipo de display tem suas próprias características distintas em termos de qualidade de imagem, consumo de energia, flexibilidade, e custo.

Em essência, os displays são meios de comunicação visual que permitem aos usuários interagir e obter informações de dispositivos eletrônicos de forma intuitiva e eficiente. Eles desempenham um papel fundamental em quase todos os aspectos da vida moderna, desde a visualização de dados em dispositivos pessoais até a sinalização digital em espaços públicos.

 

Para que serve um display?

Um display serve para fornecer informações visuais de forma clara e legível para os usuários. Eles desempenham uma variedade de funções úteis em uma ampla gama de dispositivos eletrônicos e sistemas, incluindo:

Display Função

  • Exibição de informações: Os displays são usados para mostrar uma variedade de informações, como texto, números, imagens, gráficos e vídeos. Isso pode incluir informações de status, mensagens, dados de medição, interfaces de usuário, e muito mais.
  • Interatividade: Muitos dispositivos eletrônicos usam displays para criar interfaces de usuário interativas. Isso pode incluir telas sensíveis ao toque que permitem que os usuários interajam diretamente com os elementos na tela, como smartphones, tablets, caixas de pagamento em lojas, e quiosques interativos.
  • Feedback visual: Os displays são frequentemente usados para fornecer feedback visual em tempo real. Isso pode incluir indicadores visuais de status, como barras de progresso, ícones de notificação, luzes indicadoras e muito mais.
  • Entretenimento: Em dispositivos como TVs, monitores de computador, consoles de videogame e dispositivos de reprodução de mídia, os displays são usados para fornecer entretenimento, exibindo programas de TV, filmes, jogos, e outros conteúdos multimídia.
  • Sinalização digital: Em espaços públicos, displays são frequentemente usados para sinalização digital, exibindo anúncios, informações de trânsito, orientações, menus de restaurantes, e outros conteúdos relevantes para o público.

Essas são apenas algumas das muitas maneiras pelas quais os displays são utilizados em dispositivos eletrônicos modernos. Sua versatilidade e capacidade de transmitir informações visualmente os tornam componentes essenciais em uma ampla gama de aplicações.

 

Como funciona um display?

O funcionamento de um display pode variar dependendo do tipo específico de tecnologia utilizada, mas os princípios básicos comuns a muitos tipos de displays incluem:

  • Fonte de Luz ou Backlight: A maioria dos displays requer uma fonte de luz para iluminar a tela e tornar as imagens visíveis. Em alguns casos, como nos displays de LED ou OLED, os próprios pixels emitem luz, eliminando a necessidade de uma fonte de luz separada. No entanto, em displays como os LCDs, é necessário um backlight (iluminação de fundo) para iluminar a tela.
  • Matriz de Pixels: Um display é composto por uma matriz de pixels. Cada pixel é um ponto minúsculo na tela que pode ser controlado individualmente para exibir uma cor específica. A organização e o controle desses pixels variam dependendo do tipo de display.
  • Mecanismos de Controle: Os displays são controlados por circuitos eletrônicos que enviam sinais para os pixels, dizendo-lhes quando e como devem se iluminar para formar uma imagem. Esses circuitos podem variar em complexidade dependendo da tecnologia do display e das funcionalidades desejadas.

Agora, uma explicação breve de como alguns dos tipos mais comuns de displays funcionam:

  • LCD (Liquid Crystal Display): O display LCD utiliza cristais líquidos que alteram sua orientação quando uma corrente elétrica é aplicada. Essa mudança na orientação dos cristais controla a quantidade de luz que passa através deles, determinando assim a intensidade da luz emitida pelo backlight e, consequentemente, a cor e a luminosidade de cada pixel.
  • LED (Light Emitting Diode): O display LED utiliza LEDs individuais como pixels. Cada LED pode emitir luz de uma cor específica, e a combinação de muitos LEDs forma a imagem na tela. Os LEDs são controlados eletronicamente para ajustar sua intensidade luminosa e cor.
  • OLED (Organic Light Emitting Diode): O display OLED consiste em camadas de materiais orgânicos que emitem luz quando uma corrente elétrica passa por eles. Cada pixel em um display OLED é composto por pequenos diodos orgânicos que emitem luz de forma independente, permitindo que cada pixel seja controlado individualmente.

Essas são apenas algumas das tecnologias de displays mais comuns e seus princípios de funcionamento básicos. Cada tipo de display possui características distintas em termos de qualidade de imagem, consumo de energia, flexibilidade e outros fatores, e o funcionamento detalhado pode variar significativamente entre eles.

 

Tipos de displays

Existem vários tipos de displays, cada um com suas próprias características e tecnologias subjacentes. Abaixo, está a descrição de alguns dos tipos mais comuns de displays:

 

Display LCD

Os displays LCD (Liquid Crystal Display) utilizam uma tecnologia que emprega cristais líquidos para modular a passagem da luz. Em um LCD, uma matriz de pixels é formada por células contendo cristais líquidos entre duas camadas de vidro. A polarização da luz é controlada eletronicamente para permitir ou bloquear a passagem da luz através dos pixels, determinando assim a cor e a intensidade da luz emitida. 

Display como funciona

Embora os LCDs sejam amplamente utilizados em dispositivos como smartphones, monitores de computador e TVs, eles têm algumas limitações, como ângulos de visão restritos e tempos de resposta mais lentos em comparação com algumas tecnologias mais recentes.

 

Display TFT

Os displays TFT (Thin-Film Transistor) são uma variação dos LCDs que utilizam transistores de película fina para controlar cada pixel individualmente. Os transistores TFT permitem uma resposta mais rápida e um controle mais preciso sobre a intensidade da luz em cada pixel.

Display TFT

Os displays TFT são amplamente utilizados em monitores de computador, TVs, dispositivos de sinalização digital e telas sensíveis ao toque devido à sua capacidade de oferecer alta resolução, cores precisas e tempos de resposta rápidos.

 

Display LED

Os displays de LED (Light Emitting Diode) utilizam LEDs individuais como pixels. Cada LED pode emitir luz de uma cor específica, e a combinação de muitos LEDs forma a imagem na tela. Os displays de LED são conhecidos por sua alta luminosidade, contraste e eficiência energética. 

Display LED

Eles são frequentemente usados em outdoors, telas de vídeo em estádios, sinalização digital e telas de alta definição. Além disso, os displays de LED podem ser encontrados em dispositivos de consumo, como relógios digitais, painéis de instrumentos de carros e dispositivos de iluminação.

 

Display OLED

Os displays OLED (Organic Light Emitting Diode) utilizam materiais orgânicos que emitem luz quando uma corrente elétrica passa por eles. Cada pixel em um display OLED é composto por pequenos diodos orgânicos que emitem luz de forma independente, permitindo que cada pixel seja controlado individualmente. 

Display OLED

 

Os displays OLED oferecem alto contraste, cores vibrantes, tempos de resposta rápidos e ângulos de visão amplos. Eles são comumente encontrados em smartphones, TVs de alta definição, monitores de computador e dispositivos portáteis devido à sua capacidade de oferecer imagens de alta qualidade e designs finos e flexíveis.

 

Como escolher um display?

Ao escolher um display para um projeto específico, é importante considerar uma variedade de fatores para garantir que atenda às necessidades e requisitos específicos do projeto. Aqui estão algumas considerações ao escolher diferentes tipos de displays:

Tipo de Display: 

  • Para um display LCD 16×2, você deve considerar se precisa de um display alfanumérico simples com duas linhas de 16 caracteres cada. Este tipo de display é comum em projetos que requerem exibição de texto simples, como sistemas de monitoramento, relógios, e dispositivos de medição.
  • Se você está procurando um display OLED compatível com Arduino, deve verificar se é compatível com a placa Arduino específica que você está usando. Além disso, considere as dimensões físicas do display, sua resolução, e se ele atende às suas necessidades de exibição de texto, gráficos ou ambos.
  • Displays TFT LCD oferecem uma qualidade de imagem superior e são adequados para projetos que exigem cores vivas e gráficos detalhados. Ao escolher um display TFT, considere fatores como resolução, tamanho físico, interface de comunicação (SPI ou I2C), e se ele se integra facilmente ao seu sistema de controle.
  • Para displays de 7 segmentos, você precisa considerar o número de dígitos necessários, bem como recursos adicionais, como pontos decimais e segmentos personalizados. Esses displays são comumente usados em aplicações onde números ou caracteres alfanuméricos simples precisam ser exibidos de forma clara e legível.

Compatibilidade e Interface:

  • Verifique se o display é compatível com o microcontrolador ou placa de desenvolvimento que você está usando. Por exemplo, para displays OLED com Arduino, verifique se há bibliotecas disponíveis e documentação adequada para ajudar na integração.
  • Considere a interface de comunicação do display, como I2C, SPI, paralela, entre outras. Escolha uma interface que seja adequada para o seu projeto e que ofereça a velocidade e a simplicidade necessárias para a comunicação com o microcontrolador.

Recursos Adicionais:

  • Avalie se o display possui recursos adicionais que podem ser úteis para o seu projeto, como retroiluminação ajustável, controle de brilho, capacidade de exibir gráficos ou caracteres personalizados, e interface de toque para interação do usuário.

Custo e Disponibilidade:

  • Considere o custo do display em relação ao seu orçamento total do projeto. Compare os preços de diferentes fornecedores e leve em conta fatores como custos de envio e disponibilidade de estoque.
  • Verifique a disponibilidade de suporte técnico, documentação e recursos de comunidade para o display escolhido. Isso pode ser útil caso você encontre problemas durante a integração ou operação do display em seu projeto.

Ao considerar esses aspectos ao escolher um display, você poderá selecionar a opção mais adequada para atender às necessidades do seu projeto, garantindo uma exibição clara e confiável das informações.

 

O que são fitas de LED e para que servem?

As fitas de LED, também conhecidas como fitas LED ou fitas LED RGB, são produtos flexíveis e versáteis compostos por uma série de LEDs interligados ao longo de uma fita flexível ou PCB (Placa de Circuito Impresso). 

Fitas LED

Cada LED na fita é capaz de emitir luz de uma ou várias cores, dependendo do tipo de fita LED. Abaixo estão algumas características e usos comuns das fitas de LED:

  • Iluminação Ambiente e Decorativa
  • Realce Arquitetônico
  • Iluminação de Destaque e Destaque de Produtos
  • Iluminação de Fundo para TVs e Monitores
  • Decorações de Festas e Eventos
  • Iluminação Exterior

Em resumo, as fitas de LED são produtos versáteis e eficientes que oferecem uma ampla gama de possibilidades de iluminação e decoração em uma variedade de aplicações residenciais, comerciais e de entretenimento. Seu baixo consumo de energia, longa vida útil e capacidade de criar efeitos de iluminação personalizados as tornam uma escolha popular para uma variedade de projetos de iluminação.