Piezoelétrico - Componentes Eletrônicos é na MakerHero
Piezoelétrico

Piezoelétrico

A MakerHero oferece uma extensa variedade de pastilhas piezoelétricss para elevar o desempenho de suas aplicações elétricas. Navegue pelo amplo catálogo, onde você encontrará materiais piezoelétricos com preços competitivos, garantia de qualidade e emissão de nota fiscal. Aprimorar as capacidades dos seus projetos é simples ao explorar a diversidade de pastilhas piezoelétricas disponíveis em nossa loja, proporcionando soluções eficientes e versáteis para a geração e detecção precisa de carga elétrica, atendendo às suas necessidades específicas.

Mostrando todos 6 resultados

O que é um piezoelétrico?

Um material piezoelétrico é um tipo de material que possui a capacidade de gerar uma carga elétrica em resposta a uma deformação mecânica, ou vice-versa. Esse fenômeno é conhecido como efeito piezoelétrico. Em outras palavras, quando um material piezoelétrico é submetido a pressão, compressão ou alguma forma de estresse mecânico, ele gera uma carga elétrica.

Da mesma forma, se uma carga elétrica é aplicada ao material piezoelétrico, ele pode sofrer uma deformação mecânica. Esse efeito é amplamente utilizado em diversos dispositivos e aplicações, como transdutores, sensores de pressão, microfones, atuadores e até mesmo em alguns tipos de isqueiros piezoelétricos.

Alguns exemplos de materiais piezoelétricos incluem o quartzo, o titanato de bário, o PZT (zirconato de chumbo-titânio), entre outros. Esses materiais desempenham um papel fundamental em diversas tecnologias e equipamentos modernos devido à sua capacidade de converter energia mecânica em elétrica e vice-versa.

 

Para que serve um piezoelétrico?

Os materiais piezoelétricos são utilizados em uma variedade de aplicações devido às suas propriedades únicas de conversão entre energia mecânica e elétrica. Aqui estão algumas das principais aplicações:

  • Sensores de pressão: Dispositivos piezoelétricos são frequentemente empregados em sensores de pressão. Quando submetidos a uma força mecânica, geram uma carga elétrica proporcional à pressão aplicada. Esses sensores piezoelétricos são utilizados em diversas áreas, como automóveis, sistemas hidráulicos, eletrodomésticos, entre outros.
  • Transdutores: Os materiais piezoelétricos são usados em transdutores para converter sinais elétricos em ondas sonoras e vice-versa. Isso é utilizado em dispositivos como alto-falantes, microfones, sonares e ultrassons médicos.
  • Ignição em isqueiros: Alguns isqueiros utilizam elementos piezoelétricos para gerar uma faísca elétrica, substituindo a necessidade de uma chama aberta para acender o gás.
  • Atuadores: Materiais piezoelétricos podem ser usados em atuadores para produzir movimento preciso em resposta a estímulos elétricos. Essa característica é explorada em dispositivos de foco automático em câmeras, sistemas de posicionamento preciso e nanoposicionadores em aplicações científicas.
  • Geradores de energia: Em certos contextos, o efeito piezoelétrico é explorado para gerar eletricidade a partir de vibrações mecânicas ambientais. Isso pode ser útil em dispositivos de baixa potência, como sensores remotos, para alimentar sistemas eletrônicos com a energia colhida do ambiente.
  • Cancelamento de vibrações: Em algumas aplicações, os materiais piezoelétricos são utilizados para reduzir ou controlar vibrações indesejadas. Eles podem ser integrados em sistemas de amortecimento para melhorar o desempenho de estruturas mecânicas.

Essas são apenas algumas das muitas aplicações dos materiais piezoelétricos, e sua versatilidade torna-os fundamentais em uma ampla gama de tecnologias e dispositivos.

 

Como funciona um piezoelétrico?

O funcionamento de um material piezoelétrico baseia-se no efeito piezoelétrico, que é a capacidade desse material de gerar uma carga elétrica em resposta a uma deformação mecânica. Aqui está uma explicação mais detalhada do processo:

  • Efeito direto: Quando um material piezoelétrico é submetido a uma pressão, compressão ou qualquer tipo de estresse mecânico, ocorre uma deformação em sua estrutura cristalina. Essa deformação causa um deslocamento dos elétrons dentro do material.
  • Geração de carga elétrica: O deslocamento dos elétrons cria uma diferença de carga elétrica no material. Em muitos materiais piezoelétricos, como o quartzo, essa separação de cargas resulta na criação de um campo elétrico interno.
  • Criação de uma tensão elétrica: A presença desse campo elétrico interno leva à geração de uma tensão elétrica entre as faces do material piezoelétrico. Essa tensão é proporcional à magnitude da deformação mecânica aplicada.
  • Efeito inverso: Além do efeito direto, os materiais piezoelétricos também exibem o chamado efeito inverso piezoelétrico. Quando uma carga elétrica é aplicada ao material, ele sofre uma deformação mecânica. Isso significa que esses materiais podem ser usados tanto para gerar uma carga elétrica a partir de uma deformação mecânica quanto para gerar uma deformação mecânica a partir de uma carga elétrica.

Em resumo, a capacidade do material piezoelétrico de converter energia mecânica em elétrica (efeito direto) e elétrica em mecânica (efeito inverso) é fundamental para suas diversas aplicações em sensores, transdutores, atuadores e outros dispositivos.

 

Tipos de piezoelétrico

Existem vários tipos de materiais piezoelétricos, cada um com suas propriedades específicas e aplicações. Alguns dos tipos mais comuns incluem:

  • Quartzo: O quartzo é um dos materiais piezoelétricos mais conhecidos e amplamente utilizados. É cristalino e exibe um forte efeito piezo elétrico. É frequentemente usado em dispositivos como osciladores para relógios, sensores de pressão e microfones.
  • Cerâmicas Piezoelétricas (PZT): Os materiais cerâmicos piezoelétricos, como o titanato de zircônio-chumbo (PZT), são bastante comuns. Eles são utilizados em uma variedade de aplicações, incluindo sensores, atuadores e transdutores devido às suas propriedades piezoelétricas ajustáveis.
  • Poli(fluoreto de vinilideno) (PVDF): O PVDF é um polímero piezoelétrico que é flexível e leve. É usado em sensores de pressão flexíveis, microfones e aplicações médicas devido à sua flexibilidade.
  • Cristais Ferroelétricos: Alguns materiais piezoelétricos exibem também propriedades ferroelétricas, o que significa que eles têm uma polarização elétrica que pode ser invertida por meio de um campo elétrico externo. Isso é explorado em dispositivos de memória ferroelétrica.
  • Bióxido de Titanato (BaTiO3): Este é outro material cerâmico piezoelétrico comum que é utilizado em diversos dispositivos eletrônicos, incluindo sensores de pressão, atuadores e transdutores.
  • Cristais de Langasita: A langasita é um cristal composto de lantânio, gálio, silício e óxido de titânio. Estes cristais piezoelétricos são usados em aplicações de alta temperatura, como sensores de pressão em ambientes extremos.
  • Compostos Poliméricos Piezoelétricos: Além do PVDF, existem outros polímeros piezoelétricos que são utilizados em aplicações específicas. Esses materiais são valiosos devido à sua flexibilidade e leveza.

Cada tipo de material piezoelétrico possui características únicas que determinam sua adequação para diferentes aplicações. A escolha do material depende das propriedades desejadas, como a sensibilidade à pressão, a faixa de temperatura operacional e a flexibilidade.

10% OFF