Arduino Nano 33 IoT com headers - MakerHero
Arduino, Placas

Arduino Nano 33 IoT com headers

REF: 1AC37

A placa Arduino Nano 33 IoT com Headers oferece conectividade segura com criptografia e monitoramento de posição através do chip IMU integrado.

MakerHero é Revendedora Oficial da Arduino no Brasil

Além disso, conta com dois processadores para otimizar o desempenho, sendo possível até instalar um mini Linux em um e controlar periféricos com o outro. O conector MicroUSB facilita a conexão e programação.

Principais características:

  • Pinout compatível com o Arduino Nano
  • Microcontrolador SAMD21G18A
  • Pode ser soldado direto em componentes
  • Conector micro USB

    Disponibilidade:

    Em estoque

    R$379,90 6X DE R$63,32 sem juros R$360,90 no PIX

    Em estoque

    FRETE E PRAZO

    Banner da Arduino Nano 33 IoT - Pinout compatível com a Arduino Nano, Microcontrolador ARM Cortex-M0+ de 32 bits Low Power, Módulo Nina W102 uBlox - WiFi e Bluetooth e Compatível com a Arduino IoT Cloud

    Arduino Nano 33 IoT com Headers | Completa para seus projetos IoT

    A Arduino Nano 33 IoT com Headers oferece recursos avançados para projetos IoT, combinando conectividade, monitoramento e desempenho. Com um chip de criptografia integrado, você pode trocar dados com segurança pela internet e serviços em nuvem. Além disso, ela é compatível pino a pino com a Arduino Nano, o que facilita a migração de projetos existentes.

    Além disso, o chip IMU integrado, com acelerômetro e giroscópio, permite monitoramento preciso de posição sem componentes adicionais. Com dois processadores, você pode até instalar um mini Linux em um processador enquanto o outro gerencia motores e sensores. A placa também possui um conector micro USB padrão para facilitar a conexão.

    Desenvolva projetos IoT de forma eficiente e explore todo o potencial da Nano 33 IoT.

    Troque dados com segurança usando o chip de criptografia

    A placa Nano 33 IoT oferece uma solução completa para troca segura de dados com a internet e serviços em nuvem. Com seu chip de criptografia integrado, você pode garantir a segurança dos seus dados durante as comunicações. Proteja informações sensíveis e desfrute de uma conectividade avançada para seus projetos IoT.

    Monitoramento de posição preciso com chip IMU integrado

    Com o chip IMU (Unidade de Medição Inercial) integrado, a Nano 33 IoT com Headers permite o monitoramento preciso de posição sem a necessidade de acessórios. Seu acelerômetro e giroscópio integrados oferecem recursos avançados de monitoramento, abrindo possibilidades para projetos de rastreamento, controle de movimento e muito mais.

    Explore todo o potencial do monitoramento integrado em seus projetos.

    Desempenho otimizado com dois processadores acessíveis

    A Nano 33 IoT possui dois processadores que podem ser acessados, permitindo um desempenho otimizado em seus projetos. Você pode aproveitar essa flexibilidade para instalar um mini Linux em um dos processadores, enquanto o outro cuida dos componentes, como motores e sensores. Modifique o firmware do módulo e amplie as possibilidades de desenvolvimento.

    Explore a versatilidade da placa e leve seus projetos para o próximo nível de desempenho.

    Especificações do Arduino Nano 33 IoT com Headers

    • Microcontrolador: SAMD21G18A
    • Chip de criptografia: ATECC608A
    • Módulo de rádio: u-blox NINA-W102
    • Velocidade do Clock: 48 MHz
    • Pinos I/O Digitais: 14 (todos podem ser usadas como PWM)
    • Portas Analógicas: 8
    • Tensão de Operação: 3.3 V
    • Tensão de Alimentação: 7-21 V
    • Corrente Máxima Pinos I/O: 7 mA
    • Memória Flash: 256 KB
    • SRAM: 32 KB
    • Dimensões: 43,2 mm x 18 mm

    Documentação do Arduino Nano 33 IoT

    Acompanha

    • 01 – Arduino Nano 33 IoT

    Programando a Placa Arduino Nano 33 IoT

    A programação das placas Arduino, incluindo a Nano 33 IoT, é feita usando uma linguagem própria baseada em C/C++. Utilize a Arduino IDE (Integrated Development Environment) para escrever, compilar e enviar o código para a placa. Faça o download gratuito da Arduino IDE no site oficial da Arduino. Mesmo sem conhecimento avançado em programação, você pode programar a placa facilmente.

    Descubra os primeiros passos com Arduino e torne-se um maker de eletrônica. Acesse o Blog da MakerHero para encontrar projetos e começar a colocar a mão na massa.

    Pinout da Arduino Nano 33 IoT com Headers

    A Arduino Nano 33 IoT possui 20 pinos digitais (11 com saída PWM e 8 com entrada analógica), conexão USB, LED embarcado e botão de reset. Com múltiplas opções de criação e expansão, consulte o datasheet da Nano 33 IoT para mais detalhes.

    Pinout Arduino Nano 33 IoT
    Pinout Arduino Nano 33 IoT

    Alimentação da Arduino Nano 33 IoT

    Após programada, a Arduino Nano 33 IoT pode ser alimentada apenas por uma fonte de energia, dispensando o uso de um computador. Você pode escolher entre a conexão USB do computador ou uma fonte externa DC 9 V no pino Vin. Para uso de baterias, conecte os cabos aos pinos GND (terra) e VIN. Para garantir estabilidade, durabilidade e segurança da placa, utilize uma alimentação entre 6 e 18 V. Os pinos de alimentação são os seguintes:

    • VIN: para fonte de alimentação externa alternativa ao conector USB
    • 5V: fonte de alimentação regulada pelo regulador embutido (via VIN), conexão USB ou outra fonte regulada em 5 V
    • 3V3: fonte de 3,3 V gerada pelo regulador embutido, com suporte de até 50 mA
    • GND: pinos de terra

    Entradas e Saídas do Arduino Nano 33 IoT

    Cada um dos 20 pinos digitais da Nano 33 IoT pode ser usado como entrada ou saída por meio das funções pinMode(), digitalWrite() e digitalRead(). Eles operam em 3.3 V. Cada pino pode fornecer ou receber um máximo de 7 mA. Os pinos possuem resistores de pull-up internos (desconectados por padrão) de 20 a 60 kΩ. Além disso, alguns pinos possuem funções especializadas:

    • Serial: D0 (RX) e D1 (TX). Usado para receber (RX) e transmitir (TX) dados seriais TTL. Esses pinos são conectados aos pinos correspondentes do chip FTDI USB-to-TTL Serial.
    • Interruptores Externos: Na Nano 33 IoT, todos os pinos digitais podem ser configurados para acionar uma interrupção em um valor baixo, uma borda ascendente ou descendente ou uma mudança no valor. Consulte a função attachInterrupt() para obter detalhes.
    • PWM: Todos os pinos de entrada e saída digital. Forneça saída PWM de 8 bits com a função analogWrite().
    • SPI: D11 (COPI/MOSI), D12 (CIPO/MISO), D13 (SCK) e qualquer outro para CS/SS.  Estes pinos dão suporte à comunicação SPI utilizando a biblioteca SPI.
    • LED: D13. Há um LED integrado ao pino digital 13. Quando este pino está no valor HIGH este LED está aceso, quando o pino está em LOW o LED está apagado.

    A Nano 33 IoT possui 8 entradas analógicas, cada uma com 12 bits de resolução (ou seja, 1024 valores diferentes). Por padrão, eles medem de 0 a 3.3 V, embora seja possível alterar o limite superior usando a função analogReference(). Os pinos analógicos 6 e 7 não podem ser usados ​​como pinos digitais. Além disso, alguns pinos têm funcionalidade especializada:

    • I2C: A4 (SDA) e A5 (SCL). Suporte a comunicação I2C (TWI) usando a biblioteca Wire.

    Existem alguns outros pinos na placa:

    • AREF. Tensão de referência para as entradas analógicas. Usado com analogReference().
    • Reset. Coloque esta linha em LOW para reiniciar o microcontrolador. Normalmente usado para adicionar um botão de reset aos shields que bloqueiam o da placa.

    Confira o vídeo e conheça mais sobre o Arduino!

    Conheça um pouco mais sobre a plataforma de prototipagem eletrônica open-hardware mais utilizada pela comunidade maker. Ela possui seu próprio ambiente de desenvolvimento open-software baseado na linguagem C, com programação bastante intuitiva para iniciantes.

    SKU: 1AC37 Categorias: ,

    Quem comprou, comprou também