MicroBit v2.2: um mundo de possibilidades - MakerHero
Placas de Desenvolvimento

Micro:bit v2.2

REF: DRE24

A Micro:bit v2.2 possui sensores, componentes e recursos de programação para inspirar a criatividade e o aprendizado prático, possibilitando a criação de inúmeros projetos, tais como: jogos interativos, robôs educativos e experimentos científicos.

A Micro:bit torna a computação divertida e significativa para programadores de todas as idades, desde iniciantes até os mais experientes.

Principais características:

  • Microfone e alto falante
  • Sensor de temperatura e toque
  • Bluetooth 5.1 com BLE
  • Matriz de LEDs 5×5
  • Magnetômetro e acelerômetro de 3 eixos
  • Indicado para prática educacional maker

Comprando com a MakerHero você tem garantia e suporte técnico especializado.

    Disponibilidade:

    Em estoque

    R$249,90 4X DE R$62,48 sem juros R$237,40 no PIX

    Em estoque

    FRETE E PRAZO

    Microbit v2.2 aprenda de forma lúdica

    Microbit v2.2 | Programação e eletrônica com criatividade e diversão

    A Microbit v2.2 é uma placa de desenvolvimento de alta funcionalidade que permite praticar codificação e criação digital através do seu processador ARM Cortex-M4. Ideal para aplicações educacionais, a Microbit é fundamental para entusiastas de tecnologia e para a prática da metodologia STEM nas escolas, universidades e nos mais variados ambientes makers.

    Com sua combinação de conectividade, sensores e programação intuitiva usando a linguagem de blocos do Microsoft MakeCode ou do MicroPython, a Microbit é a escolha perfeita para projetos criativos, educacionais e de IoT que desafiam sua imaginação e habilidades técnicas.

    Junte-se à comunidade Micro:bit e descubra como explorar todo o potencial dessa pequena e poderosa placa de desenvolvimento!

    Diferenciais da Microbit v2.2

    Um dos principais diferenciais da Microbit está em sua ampla gama de recursos e sua projeção pensada para ser divertida e fácil de usar. Ela pode ser codificada com algo simples, como acender seus LEDs sem a necessidade de um conhecimento prévio sobre computação. Conheça outros diferenciais da placa:

    • Pronta para o uso: não necessita de nenhum outro equipamento para ser funcional.
    • Comunicação via rádio: possibilita a interação entre diferentes usuários que podem se comunicar através de seus micro:bits.
    • Interface USB: permite carregar programas diretamente do computador.
    • Interação com o mundo: pode ser conectada a motores e outros componentes a partir de pinos digitais e analógicos.

    Quais sensores a Microbit possui?

    Por ser uma plataforma muito versátil, a Microbit conta com diversos sensores integrados. Em conjunto, esses sensores oferecem um universo de possibilidades para projetos criativos, inovadores e divertidos. Monitore dados do ambiente e ative ações baseadas em movimento, luminosidade, variação de temperatura, sons, umidade e até uma bússola digital.

    • Sensor de movimento: detecta inclinação, aceleração e rotação, permitindo criar jogos interativos que exploram o movimento de objetos.
    • Sensor de luz: use para criar projetos sensíveis à luz, como medidores de luminosidade e ativação de comportamento por intensidade de luz.
    • Sensor de temperatura: monitore a temperatura ambiente ou crie um termômetro digital personalizado.
    • Sensor de umidade: explore a umidade relativa do ambiente para projetos de previsão do tempo ou controle de umidificadores.
    • Sensor de som: crie projetos de detecção de som, como batimentos cardíacos simulados ou até mesmo instrumentos musicais.
    • Bússola magnética: construa projetos que utilizem bússolas digitais para direcionamento personalizado.

    Esses são apenas alguns exemplos do que você pode fazer com os sensores. Deixe sua imaginação fluir e comece a explorar o mundo dos diversos sensores da Microbit hoje mesmo!

    Exemplos de Projetos que você pode criar

    A Micro:bit oferece um universo de possibilidades para projetos criativos, proporcionando um ambiente versátil e educativo para explorar a programação, eletrônica e IoT de maneira prática e envolvente. E as possibilidades não param por aí:

    • dispositivos de monitoramento de saúde
    • sistemas de segurança caseiros
    • soluções de controle remoto
    • projetos de conscientização ambiental
    • projetos de arte cinética

    Conheça outras possibilidade no vídeo abaixo:


    Especificações da Micro:bit v2.2

    • Datasheet da Micro:Bit
    • Processador: Nordic nRF52883 ARM Cortex-M4 de 32 bits com FPU
    • Clock: 64 MHz
    • Memória flash: 512KB
    • Memória RAM: 128KB
    • Bluetooth 5.1 BLE 2.4GHz– Acelerômetro 3 eixos
    • Magnetômetro 3 eixos
    • Buzzer
    • Microfone
    • Conector micro USB
    • Conector para bateria
    • Dois push buttons programáveis
    • Botão de reset
    • Display com 25 micro leds
    • Pinos de entrada/saída: 17
    • Saídas digitais, analógicas e PWM
    • Interfaces: Serial, SPI, I2C
    • Dimensões: 52 x 43 mm

    Documentação

    A documentação da Micro:bit v2.2 é completa e oferece um conjunto de recursos pedagógicos e tutoriais para quem está iniciando. Confira alguns deles nos links disponibilizados abaixo. No blog da MakerHero você também encontra diversos artigos sobre a versatilidade dessa placa e tudo o que ela pode desenvolver.

    Acompanha

    • 01 – Placa Micro:bit v2.2

    Programando sua Micro:bit v2.2

    Programar com a Micro:bit é uma forma prática e criativa de aprender sobre programação, eletrônica e automação e, especialmente, eficaz para ensinar conceitos de STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) de um jeito divertido. É uma ótima plataforma para educadores e entusiastas explorarem o mundo da tecnologia.

    Para programar, você pode escolher entre dois formatos diferentes:

    • Microsoft MakeCode: é uma linguagem de programação de blocos baseada na web que permite arrastar e soltar blocos de código para criar programas interativos. É ideal para iniciantes e educadores.
    • MicroPython: é uma versão simplificada da linguagem Python que pode ser usada para programar a Micro:bit. É uma excelente escolha para quem deseja aprender Python e programação textual.

    Pinout da Placa Micro:bit v2.2

    A placa possui vários pinos que podem ser usados para conectar sensores, atuadores e outros dispositivos. Abaixo você confere uma visão geral do pinout da Micro:bit.

    Na parte superior da placa Micro:bit (com a porta USB voltada para baixo):

    • Pinos de Extensão (P0 a P16): esses pinos podem ser usados ​​para entrada/saída digital e suportam funções como entrada analógica, comunicação I2C e PWM.
      LED Matriz: a matriz de LED de 5×5 na parte frontal da Micro:bit, geralmente usada para exibir informações visuais.
      Na parte inferior da placa Micro:bit (com a porta USB voltada para cima):
      Botões A e B: botões programáveis que podem ser usados como entradas para interagir com o código.
      Conector de Bateria: conector para alimentar a Micro:bit com uma bateria ou pilhas.
      Micro USB: usado para programação e alimentação da Micro:bit.
      Conector de Anexo: permite conectar a Micro:bit a outros dispositivos, como sensores e motores.
      Conector de Alimentação Externa: fornece uma opção para alimentar a Micro:bit com uma fonte de energia externa.

    Essa é uma descrição geral dos pinos mais comuns da Micro:bit, mas ela também possui sensores internos, como um acelerômetro e um magnetômetro, que podem ser acessados através da programação.

    O pinout completo da Micro:bit é mais extenso e inclui outros recursos adicionais. Para projetos específicos, é importante consultar a documentação oficial da Micro:bit para obter informações detalhadas sobre o uso de pinos e funcionalidades específicas.

    Pinout MicroBit v2.2

    Alimentação da Placa Micro:bit v2.2

    Você pode fornecer energia à sua Micro:bit de diferentes maneiras. Use a entrada USB com seu regulador de tensão integrado, conecte pilhas ou uma bateria no conector superior. Lembre-se de que os pads de 3V na base podem alimentar circuitos externos, mas tome cuidado para não fornecer tensão excessiva (respeite a faixa de 1,8V a 3,6V) e evite danos à sua placa.

    Alimentação pelo conector USB: Ao alimentar pelo conector USB, a placa fornece até 120mA. A quantidade de corrente necessária depende das funções onboard usadas, como a matriz de LEDs e o Bluetooth. Em situações extremas, separe 30mA para sua Micro:bit e reserve os outros 90mA para periféricos conectados aos pads da base.

    Alimentação com Bateria de 3V: Ao usar o conector da bateria, o regulador fica inativo. Com isso, preste atenção à tensão fornecida. Evite tensões superiores aos 3,9V máximos que a Micro:bit suporta. Ao alimentar sua Micro:bit pelos pads de 3V/GND na base, o limite de tensão é de 3V. Mantenha essas dicas em mente: adicione um diodo de proteção para evitar problemas com polaridade reversa e use um regulador se a fonte tiver uma tensão maior do que o necessário para sua placa.

    Aprenda programação de um jeito fácil e divertido com essa plataforma versátil e educativa!

    SKU: DRE24 Categoria:

    Quem comprou, comprou também